Dr Guilherme Targino

Atenção à todos os detalhes

Acolhimento da primeira à última consulta.

Rinoplastia como é feita

Algumas pessoas se sentem desconfortáveis com o tamanho ou formato dos seus narizes porque acreditam que não é harmônico em relação ao restante do rosto. Muitas vezes esse incômodo prejudica a autoestima. Considerada como uma cirurgia plástica de pequeno porte, a rinoplastia tem como objetivo principal remodelar o nariz e devolver a qualidade de vida aos pacientes.

Além da questão estética, a procura por cirurgias plásticas no nariz também pode ser funcional. Há casos de pessoas que precisam se submeter a cirurgia porque apresentam dificuldades para respirar, portanto, nesse caso, o cirurgião realiza um procedimento para corrigir o desvio de septo.

O número de pacientes que buscam pela cirurgia de rinoplastia aumenta a cada ano. A seguir, tudo sobre esse procedimento que é um dos mais realizados no Brasil. Afinal, como é feita a rinoplastia?

O que é rinoplastia?

As pessoas que apresentam queixa em relação a aparência do próprio nariz buscam na rinoplastia a solução para suas insatisfações. O procedimento é feito na maioria das vezes com fins estéticos.

A rinoplastia é a cirurgia plástica do nariz. É um procedimento realizado com o objetivo de modificar o nariz o deixando mais harmonioso. A cirurgia corrige alterações como assimetrias e desproporções.

O cirurgião verifica as medidas da face e realiza um procedimento que respeite as características naturais do paciente e, ao mesmo tempo, consiga oferecer a ele as mudanças desejadas.

Outro ponto importante que deve ser levado em consideração pelo médico é que a intervenção estética não pode comprometer as funções do nariz. Ou seja, não se pode deixar um nariz muito fino, pois isso vai diminuir os espaços e válvulas nasais, dificultando a respiração. O cirurgião não pode alterar a estrutura do nariz.

Para que serve a Rinoplastia

  • Melhorar a estética do nariz;
  • Corrigir deformidades estéticas;
  • Corrigir problemas estruturais que interferem na respiração;
  • Remodelar o nariz;
  • Tratar disfunções do nariz;
  • Deixar o nariz mais harmônico em relação ao rosto;
  • Aumentar ou reduz o tamanho do nariz;
  • Melhorar a autoestima.

Pré-operatório da Rinoplastia

A conversa entre cirurgião e paciente antes da operação é fundamental. Não é possível realizar a cirurgia antes de passar pela consulta médica e antes de se submeter a todos os exames necessários.

Toda cirurgia plástica apresenta riscos e todas as orientações médicas devem ser seguidas. Embora a rinoplastia seja considerada uma cirurgia simples, requer cuidados pré-operatórios, tais como:

  • Realizar uma consulta antes de se submeter ao processo cirúrgico. Nesta consulta serão realizados esclarecimentos em relação à cirurgia e sobre o resultado final do procedimento;
  • Exames laboratoriais serão pedidos pelo médico para atestar a saúde do paciente;
  • Antes da cirurgia, o paciente deve manter uma alimentação saudável;
  • Parar de fumar;
  • Parar de ingerir bebida alcoólica;
  • Não se automedicar. Apenas usar a medicação prescrita pelo médico.

Como é feita uma rinoplastia?

 

Como todo procedimento cirúrgico, a rinoplastia exige anestesia, que pode ser intravenosa ou anestesia geral. A decisão final por qual anestesia usar é do médico. Ele é o único profissional que poderá tomar essa decisão. Não cabe ao paciente escolher ou sugerir um tipo de anestesia.

A remodelação da estrutura do nariz é feita através de incisão. Antes da cirurgia, o médico estuda e elabora um planejamento de como a cirurgia vai acontecer. O procedimento varia conforme necessidade e objetivo de cirurgia. Cada médico utiliza uma técnica para realizar o procedimento. Após a incisão, o cirurgião remodela o nariz e encerra a cirurgia. Após o procedimento, o paciente fica com uma espécie de tampão para dar sustentação ao nariz por uma semana, aproximadamente.

Técnicas utilizadas na Rinoplastia

Durante a Rinoplastia, o cirurgião modifica os ossos e as cartilagens que constituem a estrutura do nariz. Quanto mais conservadora a técnica cirúrgica utilizada durante o procedimento, melhores e mais seguros são os resultados.

Os resultados com técnicas mais conservadoras são mais naturais e seguros, deixando o nariz mais harmônico ao rosto. Existem diferentes técnicas cirúrgicas disponíveis para a cirurgia plástica do nariz, com diferentes finalidades e indicações.

Para cada anatomia de nariz existe uma técnica que melhor se adapta. O cirurgião precisa avaliar cada caso e quais as necessidades reais de mudança. A maioria dos cirurgiões utilizam apenas uma técnica.

Dependendo da abordagem escolhida, as incisões podem ser:

  • todas internas no nariz (acesso fechado);
  • em alguns casos, incluir uma pequena incisão da base da columela nasal (acesso aberto).

Cirurgião membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)

É importante ressaltar que a Rinoplastia deve ser realizada por um cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) Os pacientes devem pesquisar e apenas realizar cirurgias com médicos aptos para esse tipo de procedimento.

É aconselhável ouvir a opinião de outros pacientes que já realizaram esse procedimento e buscar médicos com boa reputação. É válido pesquisar na internet ou em redes sociais informações sobre cirurgiões antes de tomar a decisão final. A pesquisa é parte fundamental do processo de escolha de um bom profissional.

Cabe ao paciente se informar e realizar o procedimento com um profissional qualificado. Isso vai ajudar no sucesso do procedimento e na melhor cicatrização. Uma profissional preparada vai saber orientar o paciente, o deixando confortável durante a cirurgia. É através do diálogo entre cirurgião e paciente que o laço de confiança é estabelecido.

Em que casos a rinoplastia é indicada?

A rinoplastia é uma cirurgia plástica realizada na maioria das vezes com fins estéticos, no entanto, também é indicada para melhorar a respiração. A rinoplastia é indicada para quem deseja:

  • Diminuir a largura do osso nasal;
  • Alterar a ponta do nariz;
  • Melhorar a estética do nariz;
  • Alterar o formato nariz;
  • Reduzir o tamanho das narinas;
  • Inserir enxertos para correções da harmonia facial.

Como é a recuperação da rinoplastia?

A recuperação da rinoplastia vai depender de cada paciente. É muito importante que o paciente se comprometa no pós-operatório. Isso vai interferir positivamente na sua recuperação. Estima-se que a cirurgia comece a cicatrizar aproximadamente uma semana após ser realizada.

No pós-operatório, o paciente vai precisar:

  • utilizar uma tala no dorso (aquaplast) para sustentar o osso que foi fraturado no local, quando necessário;
  • Geralmente o paciente não sente dor, mas caso ele sinta algum incômodo, deve consultar o médico e nunca se automedicar;
  • O paciente precisa dormir com a cabeça elevada por cerca de 30 dias;
  • Os pontos são retirados em aproximadamente uma semana;
  • O inchaço e as manchas vão diminuindo aos poucos. Em 3 meses após a cirurgia, já é possível ver 80% do resultado final;
  • Manter uma alimentação baseada em comidas frias e pastosas;
  • Fazer uso de descongestionantes e compressas geladas caso tenha dificuldades de respirar por conta da Rinoplastia;
  • Realizar repouso absoluto na primeira semana após a cirurgia;
  • Evitar exposição solar. Por conta disso, é melhor realizar o procedimento durante o inverno;
  • Usar protetor solar para evitar o aparecimento de manchas.

Quais são os riscos que a rinoplastia pode oferecer?

Qualquer cirurgia plástica apresenta riscos. O paciente precisa estar ciente dos riscos que corre antes de realizar o procedimento. Cabe ao cirurgião esclarecer todas as dúvidas do paciente e apresentar os prós e contra da rinoplastia.

O especialista deve convencê-lo de que não é possível escolher um formato aleatoriamente. O profissional deve prezar pelo equilíbrio estético entre o nariz e o restante da face. O resultado precisa ser natural e deve se adequar ao biotipo de cada paciente.

Não se pode optar por um resultado desproporcional que afina muito o nariz ao ponto de o paciente ficar irreconhecível. Esse é um dos principais riscos que o paciente pode enfrentar ao realizar a rinoplastia. Outros possíveis riscos associados a uma rinoplastia mal executada são:

  • assimetrias e desvios severos da ponta do nariz;
  • dificuldades respiratórias;
  • trombose venosa profunda e embolia pulmonar.

Resultado final

Os resultados são surpreendentes. A escolha de um bom profissional vai fazer toda a diferença e influenciar positivamente no resultado final. É essencial escolher um cirurgião que vai cumprir com todos os procedimentos exigidos e garantir um resultado satisfatório.

A rinoplastia é um procedimento que costuma oferecer bons resultados e funciona como uma harmonização da face.

O paciente consegue atingir o objetivo desejado de forma natural e harmônica. A mudança na forma do nariz afeta positivamente no quesito estético e funcional. Além disso, os pacientes comemoram os resultados positivos também no aumento da sua autoestima.

As características do nariz de cada indivíduo geralmente variam de acordo com a raça de cada paciente, e essas especificidades devem ser levadas em consideração pelo cirurgião plástico antes do planejamento de cada procedimento estético.

O resultado final deve sempre respeitar o desejo do paciente e suas características individuais. Nada além disso. O cirurgião deve tomar cuidado e nunca ultrapassar o limite do bom gosto ao ponto de afetar drasticamente a fisionomia de cada paciente.

Eu e você juntos na jornada pela realização do seu sonho

whatsapp Agende sua Avaliação
whatsApp Posso Ajudar?