Dr Guilherme Targino

Atenção à todos os detalhes

Acolhimento da primeira à última consulta.

Prótese de Mama

Prótese de Mama

Muitas pessoas demonstram o desejo de realizar uma cirurgia plástica porque estão insatisfeitas com sua aparência, no entanto, tal procedimento requer atenção e cuidado desde a escolha do consultório e do profissional que irá realizar a cirurgia até os riscos que o paciente assume ao realizar uma cirurgia plástica.

Entre as cirurgias mais procuradas, destaque para a prótese de silicone (prótese de mama), procedimento este que consiste em implantar próteses nos seios para aumentar mamas pequenas, flácidas ou com alguma deformação.

A vaidade é o principal motivo que leva as mulheres a procurar um cirurgião plástico. Geralmente a insatisfação com o tamanho da mama faz com que elas busquem por cirurgia. Entretanto, engana-se quem acredita que esse é o único motivo.

A prótese de silicone (prótese de mama) também é procurada por mulheres que passaram pela retirada da mama (mastectomia) após tratamento de câncer.

É importante ressaltar que antes de realizar este ou qualquer outro procedimento estético é necessário que o paciente esteja preparado para enfrentar a cirurgia, tanto fisicamente quanto psicologicamente, assim os riscos são menores.

Hoje em dia já se pode realizar a cirurgia de prótese de silicone com menos preocupação em relação ao pós-operatório. É possível se recuperar rapidamente de um procedimento dessa natureza de forma mais rápida por meio da técnica de fast-track recovery.

O que é Prótese de Silicone (Prótese de mama)

A prótese de silicone (prótese de mama) é uma cirurgia plástica com o objetivo de aumentar o volume de regiões do corpo como seios, nádegas ou outras partes do corpo.

No caso do implante do silicone nos seios, essa técnica tem por finalidade questões terapêuticas (reconstrução mamária) ou estéticas (aumento do volume das mamas). O implante é utilizado com o propósito de corrigir imperfeições ou insatisfações para torna-las mais harmoniosa e proporcional ao restante do corpo a fim de melhorar a autoestima e bem-estar dos pacientes.

Colocar implantes nos seios é o sonho de muitas mulheres, mas é importante destacar que se trata de um procedimento que exige muita preparação e é necessário respeitar um determinado prazo de recuperação após a cirurgia.

Com a técnica fast-track recovery, a recuperação acontece de forma menos demorada. Essa técnica foi desenvolvida justamente para atender os anseio das mulheres de conseguir realizar a cirurgia com um pós-operatório menos demorado.

Quando considerar o implante de prótese de silicone (prótese de mama)

A cirurgia é indicada para pacientes que almejam aumentar o tamanho das mamas ou outra região do corpo humano. O implante de silicone também é recomendado para mulheres que estão insatisfeitas com a perda de sustentação e firmeza das mamas após a perda de peso ou gravidez.

Em alguns casos, as mulheres procuram a cirurgia de prótese de silicone (prótese de mama) pois apresentam assimetria entre as mamas. Nesse caso, o silicone é utilizado para corrigir essa diferença de tamanho entre os seios.

Em relação à faixa etária, não existem restrições. Qualquer indivíduo em qualquer idade pode optar pela cirurgia desde que o desenvolvimento das mamas esteja completo.

É importante ressaltar que se trata de um procedimento invasivo que apresenta riscos, por isso, é preciso conhecer perfeitamente as razões pelas quais um paciente deseja realizar a cirurgia. O paciente precisa ter segurança na decisão, pois os resultados comprometem a imagem e forma do corpo e as alterações podem ser irreversíveis.

O cirurgião e o paciente precisam conversar sobre as expectativas e resultados do resultado final da prótese de silicone (prótese de mama) uma vez que o ideal é que o paciente consiga um resultado realista e natural. Por isso, é importante escolher corretamente o tamanho e a forma da prótese de acordo com medidas do tórax.

Alguns fatores podem influenciar no resultado da cirurgia como o tipo de material utilizado na fabricação da prótese de silicone. Nesse caso, o paciente precisa verificar junto ao cirurgião o prazo de validade da prótese e o registro do produto na Anvisa. Isso é fundamental também para evitar problemas com o silicone.

No que diz respeito à anestesia durante a cirurgia, pode ser tanto geral quanto local. Em alguns casos o procedimento é realizado apenas com sedação. Se o paciente e o cirurgião optarem pela anestesia local e não houver complicações no pós-operatório, o paciente consegue deixar a clínica ou hospital no mesmo dia.

Geralmente a recomendação dos médicos é que o paciente fique pelo menos seis horas em observação depois da cirurgia. Esses prazos podem variar bastante de acordo com as condições de cada paciente. Através da técnica do fast-track recovery, o prazo de recuperação é reduzido, o que deixa a mulher apta para retomar suas atividades.

Como escolher um cirurgião plástico

Alguns médicos realizam cirurgias plásticas e procedimentos estéticos sem título de especialista na área, por isso, é fundamental escolher profissionais que sejam qualificados ou experientes para realizar cirurgias plásticas.

A própria Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) recomenda que os pacientes pesquisem e apenas realizem cirurgias com médicos aptos para esse tipo de procedimento.

O primeiro passo é checar se o médico responsável pelo procedimento tem cadastro ativo no Conselho Regional de Medicina da região em que atua e se, de fato, é habilitado em cirurgia plástica. Além disso, é recomendado pesquisar no site da SBCP se o profissional é filiado à entidade. Embora não seja obrigatório, é uma forma de o paciente resguardar-se.

A cirurgia

Após escolher o cirurgião, o paciente agenda a primeira consulta na qual são apresentados os tipos de formatos de próteses e qual a mais indicada para cada paciente. Também na consulta, o cirurgião vai apresentar uma projeção de resultados para a paciente saber se a prótese de silicone é do tamanho que ele deseja. É importante destacar que cada paciente é um indivíduo e, portanto, os objetivos podem variar.

A escolha final da prótese é o cirurgião. Todos os implantes aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) têm a qualidade mínima adequada. Isso significa que os implantes são seguros e resistentes, assim, as chances de o paciente desenvolver complicações ou rejeição à prótese são mínimas.

A habilidade médica vai permitir avaliar o quadro da paciente, ajudando a escolher a prótese mais adequada. A escolha da prótese de silicone (prótese de mama) é feita em conjunto (médico/paciente) e leva-se em consideração a estrutura corporal, peso, idade, biótipo, altura, distância entre tronco e quadril, proporção do tórax, estrutura óssea e formação original da mama. Todos esses fatores são importantes para a escolha adequada da prótese.

Após a primeira etapa de definição da prótese, são realizados exames e a cirurgia é marcada. O médico geralmente solicita ao fabricante três ou quatro tamanhos aproximados ao desejado pelo paciente.

Eu e você juntos na jornada pela realização do seu sonho

whatsapp Agende sua Avaliação
whatsApp Posso Ajudar?