Dr Guilherme Targino

Atenção à todos os detalhes

Acolhimento da primeira à última consulta.

Lipoaspiracao

Lipoaspiracao

Muitas pessoas querem perder peso e reduzir o nível de gordura da região da barriga. Para isso, elas iniciam um processo de reeducação alimentar. Passam a incluir na sua dieta alimentos como frutas, verduras, legumes, cereais integrais e carnes magras.

Além disso é importante começar a praticar atividades físicas. Os exercícios ajudam a queimar bastante gordura. Os exercícios aeróbicos de alta intensidades são muito eficientes para quem quer perder peso rápido. Estar sempre em movimento é fundamental. Para quem já é adepto da corrida, treinos intervalados são excelentes escolhas para aumentar a frequência cardíaca e com isso eliminar peso. É possível, no entanto, perder peso com exercícios de menor intensidade como caminhada, bicicleta e treino na academia.

Mesmo seguindo uma dieta equilibrada e fazendo exercícios físicos regularmente, ainda assim, é difícil atingir o corpo que se deseja. Algumas gordurinhas localizadas principalmente na região abdominal insistem em permanecer mesmo com a perda de peso. As pessoas se sentem frustradas com a dificuldade em perder gordura localizada.

Isso acontece porque algumas regiões do corpo humano tendem a acumular mais gordura, mesmo com uma alimentação saudável e atividade física. Por mais que as pessoas realizem exercícios para queima de gordura localizada, pode ser difícil diminuir o tecido adiposo de determinadas regiões do corpo.

Por isso, muitos pacientes procuram realizar a cirurgia de lipoaspiração como uma solução para melhorar a aparência do corpo e diminuir o volume de gordura em determinadas áreas.

O que é lipoaspiração?

A cirurgia de lipoaspiração é um procedimento estético que consiste na aspiração de excesso de gordura do corpo. Esse procedimento pode ser realizado em diversas partes do corpo, como quadril, abdômen, culote, glúteos, coxas, braços, joelhos e costas, desde que haja gordura localizada.

O objetivo da cirurgia é melhor o contorno do corpo para que ele fique de acordo com os desejos de cada paciente. A cirurgia ajuda a aumentar a autoestima dos pacientes e é indicada para quem deseja melhorar seu bem-estar.

A lipoaspiração pode receber diferentes níveis de classificações (pequena, média ou grande) variando de acordo com a quantidade de gordura retirada e partes do corpo abordadas.

Há um limite de retirada de gordura corporal em cada lipoaspiração. Geralmente, 7% do peso corporal. Esse tipo de procedimento estético pode ser realizado tanto em homens quanto em mulheres e é uma das cirurgias mais realizadas no Brasil.

A lipoaspiração deve ser feita por um cirurgião plástico qualificado e sob condições adequadas de higiene e segurança.

É importante ressaltar que a cirurgia não é destinada a perda de peso. O ideal é que o paciente já esteja em um processo de emagrecimento antes de se submeter a cirurgia. A lipoaspiração é indicada para pacientes que já perderam peso, mas gostariam de melhorar alguns aspectos, uma vez que ela ajuda a modelar as curvas do corpo.

A cirurgia de lipoaspiração

Antes de realizar a lipoaspiração, o paciente vai precisar realizar uma série de exames para verificar como está sua saúde e se o mesmo está apto a realizar a cirurgia. Geralmente são pedidos exames cardíacos, exames de imagem, exames de urina e de sangue.

Em alguns casos, o médico pode recomendar que o paciente inicie uma dieta a base de líquidos dois dias antes da cirurgia, além de ter de ficar 8 horas em jejum antes de se submeter ao procedimento. Após passar por todos os exames e uma vez apto a realizar a lipoaspiração, o cirurgião plástico indica a anestesia, que pode ser geral ou sedação intravenosa. Enquanto a anestesia está fazendo efeito, o cirurgião realiza a marcação da área e que será feita a retirada da gordura.

Em seguida, são feitos pequenos furos na região para que seja introduzido um líquido estéril que vai ajudar a diminuir o nível de sangue perdido. Depois, o cirurgião introduz um cânulas finas para soltar a gordura em excesso na região. A gordura que vai saindo do corpo é aspirada através de um dispositivo médico acoplado as cânulas finas.

A duração da cirurgia vai variar de acordo com a área e quantidade de gordura a ser retirada, podendo variar desde alguns minutos a algumas horas.

Em alguns casos, além de remover a gordura, durante a lipoaspiração, o médico pode ainda realizar o procedimento de lipoescultura, que consiste em reutilizar a gordura retirada durante a lipoaspiração e colocá-la em outro local do corpo, de forma a melhorar o contorno do paciente.

Dessa forma, durante o mesmo procedimento cirúrgico, é possível remover gordura localizada da barriga e colocá-la no bumbum para aumentar o seu tamanho, por exemplo, sem ser necessário recorrer para o implante de silicone. 

Riscos da lipoaspiração

A lipoaspiração é uma cirurgia plástica e como todo procedimento dessa natureza apresenta alguns riscos, como hematomas, infecção e, em alguns casos mais graves, perfuração de órgãos. Entretanto, essas complicações são muito raras de acontecer e podem ser evitadas quando a cirurgia é realizada em uma clínica de confiança e com um cirurgião experiente.

A quantidade de gordura a ser retirada interfere no grau de risco da cirurgia. Quanto menor a quantidade de gordura, menor os riscos da lipoaspiração. A chance de surgimento de complicações aumenta quando a cirurgia leva muito tempo ou quando se aspira muita gordura, como na região abdominal, por exemplo.

Em qualquer caso, para se evitar estas complicações, é aconselhado realizar a lipoaspiração com um profissional experiente e habilitado.

A escolha de um bom cirurgião plástico é fundamental. Um bom profissional deve perguntar sobre as expectativas de cada paciente antes da cirurgia plástica. O atendimento deve ser individualizado, com paciência e sem pressa, respeitando assim as características de cada paciente.

Cada cirurgião deve orientar seus pacientes sobre os riscos de cada procedimento. É fundamental que ele também informe sobre a complexidade de cada cirurgia, tipo de anestesia que o paciente vai ser submetido, internação, repouso, restrições no cotidiano durante o período de recuperação e cuidados gerais.

É importante ressaltar que a lipoaspiração deve ser realizada por um cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) Os pacientes devem pesquisem e apenas realizem cirurgias com médicos aptos para esse tipo de procedimento. É aconselhável ouvir opinião de outros paciente que já realizaram esse procedimento e buscar médicos com boa reputação.

Além disso, é fundamental cumprir com todas as orientações do médico após a realização da cirurgia.

Pós-operatório da lipoaspiração

No pós-operatório da lipoaspiração, o paciente vai apresentar alguns sintomas como dor, mas isso é normal. Para aliviar a dor, o médico pode prescrever analgésicos e repouso. Outra alternativa é realização de drenagem linfática que pode ser realizada logo após a cirurgia.

A drenagem linfática manual é obrigatória no pós-operatório para retirada das fibroses causadas pelo processo da lipoaspiração. Também é excelente para diminuir edema do corpo após o procedimento. Com a melhora do edema, também diminuir a dor no pós-operatório.

Também podem aparecer alguns hematomas e inchaço na área operada. Embora já seja possível ver os resultados assim que a cirurgia termina, somente ao fim de 3 meses que se poderá notar os resultados definitivos da cirurgia, período este em que o edema já começa a regredir bastante.

O processo de recuperação da lipoaspiração vai depender da quantidade de gordura retirada e do local que foi aspirado. As primeiras 48 horas são as mais críticas e exigem mais cuidados, principalmente com a postura. O paciente vai precisar ter mais atenção com as cicatrizes. Nos primeiros 3 dias o paciente pode notar que os pontos da lipoaspiração estão secos e possivelmente haja a formação de 'casquinhas'.

Ao notar qualquer tipo de alteração da região operada, o paciente deve entrar em contato com o médico imediatamente e verificar se há necessidade de realizar a troca do curativo.

Em casa, o paciente vai precisar da ajuda de parentes durante a recuperação. Para aliviar o desconforto das cicatrizes, é indicado fazer uma suave massagem aplicando um creme hidratante ou gel em movimentos circulares, de um lado para o outro e de cima para baixo. Isso vai ajudar a hidratar as cicatrizes, aliviando a sensação de incômodo.

O paciente vai precisar ficar atento também a sensibilidade da pele. Caso a região operada estiver muito sensível, ele deve passar várias vezes ao dia um pedacinho de algodão no local. Assim, ele consegue normalizar essa sensação.

Na maior dos casos, o paciente já volta ao trabalho após 7 dias da cirurgia, desde que não tenha uma profissão que exija muito esforço físico. A cada dia que passa, o paciente vai se sentido melhor e recuperando seu bem-estar.

O tratamento fisioterapêutico geralmente é iniciado no 3º dia após a lipoaspiração e é feito com drenagem linfática manual. O paciente também vai ser orientado em relação à postura e em relação aos tipos de exercícios respiratórios que vão lhe ajudar na recuperação.

Eu e você juntos na jornada pela realização do seu sonho

whatsapp Agende sua Avaliação
whatsApp Posso Ajudar?