Dr Guilherme Targino

Atenção à todos os detalhes

Acolhimento da primeira à última consulta.

Blefaroplastia

Blefaroplastia

Os brasileiros estão entre os que mais se preocupam com a aparência. Tanto homens quanto mulheres têm demonstrado cada vez mais interesse em cuidar de si não só com o intuito de ficar mais bonito, mas também por uma questão de saúde.

Para alçar a aparência desejada, as pessoas buscam por dietas, exercícios físicos e tratamentos estéticos. Mesmo se cuidando, ainda é difícil atingir o objetivo de ficar com a aparência ideal.

Atualmente com o uso intenso das redes sociais, as pessoas têm se preocupado com o visual, principalmente quando querem postar fotos e vídeos. Os famosos filtros utilizados para fazer selfies, fazem com que as pessoas desejem ter aqueles rostos sem imperfeições.

A Blefaroplastia (Plástica de Pálpebras) é uma técnica responsável por tratar bolsa de pele, excesso de gordura e flacidez na região das pálpebras, devolvendo ao paciente um aspecto menos cansado do rosto.

O que é e para que serve a Blefaroplastia?

Blefaroplastia (Plástica de Pálpebras) é a cirurgia plástica realizada nas pálpebras (superiores e inferiores) cujo objetivo é melhorar o aspecto dessa região, eliminando bolsas de gordura, rugas, flacidez, devolvendo ao paciente um aspecto mais jovem na região em torno dos olhos.

Em alguns casos, a cirurgia também tem um aspecto funcional, além do estético. Normalmente, a técnica é utilizada como correção do excesso de pele e de bolsas na região dos olhos. Entretanto, em alguns casos, ela também pode ter um caráter reparador.

Com o passar dos anos, a pele do rosto vai envelhecendo, assim como as demais regiões do corpo humano, assim como o nosso corpo, a região dos olhos também envelhece.

Isso faz com que as pálpebras se tornem mais flácidas e pesadas, em alguns casos atrapalhando até mesmo a visão do paciente, que apresenta dificuldades em abrir os olhos.

Nesse caso, a cirurgia funciona como uma técnica para reparar e recuperar a qualidade de visão do paciente. Trata-se de uma cirurgia de correção de defeito na pálpebra.

Em que casos a Blefaroplastia (Plástica de Pálpebras) é indicada:

  • Pacientes com excesso ou flacidez de pele na região das pálpebras;
  • Em pacientes com tumor nessa região;
  • Pacientes com bolsas de gordura na pálpebra inferior;
  • Pacientes cuja pálpebra caiu com o tempo (queda da pálpebra);
  • Para quem quer diminuir o cansaço dos olhos;
  • Questões estéticas;
  • Paciente que estão com dificuldades de enxergar por conta do aspecto flácido e pesado das pálpebras;
  • Combate as rugas;
  • Diminuição do inchaço na região;
  • Rejuvenescimento facial;
  • Melhora na autoestima;

Principais cuidados antes de realizar a cirurgia de Blefaroplastia (Plástica da Pálpebras)

Antes de realizar qualquer tipo de cirurgia plástica é preciso marcar uma consulta com um bom profissional que vai orientar o paciente e tirar todas as dúvidas antes da cirurgia.

Durante a consulta, a paciente deve apresentar qualquer tipo de anormalidade que esteja acontecendo na região das pálpebras. Desde de possíveis inflamações que ocorram na região até o dia da internação.

Cabe ao médico avaliar em conjunto com o paciente se a cirurgia pode ser realizada levando em consideração o histórico de cada pessoa interessada em realizar a Blefaroplastia (Plástica de Pálpebras)

O profissional deve também informar como funciona a cirurgia, além de também solicitar exames complementares para saber como está a saúde do paciente e se ele está apto a realizar a cirurgia. Nessa etapa também acontece as recomendações que devem ser cumpridas pelo paciente antes de realizar a cirurgia, como não utilizar maquiagem no dia da internação e remover toda a maquiagem antes de se submeter ao procedimento. O paciente vai precisar levar óculos escuros no dia da cirurgia e deve estar em jejum de 8 horas.

É preciso que o paciente esteja acompanhado no dia da cirurgia e que evite medicações que contenham AAS (ácido acetilsalicílico) até 15 dias antes da cirurgia. Qualquer tipo de medicação só deve ser ingerido sob prescrição médica. A transparência do médico para com o paciente contribui para o sucesso da cirurgia. A escolha do cirurgião certo é fundamental.

Como escolher um profissional habilitado para realizar esse procedimento

Antes de se preparar para a cirurgia plástica é importante que o paciente escolha sempre o melhor cirurgião plástico, pois assim as chances de o procedimento ser bem sucedido são maiores. Os hospitais e clínicas precisam oferecer ao paciente toda estrutura necessária para esse tipo de operação.

Um cirurgião experiente qualificado para realizar a Blefaroplastia (Plástica de Pálpebras) vai esclarecer os principais riscos que a cirurgia oferece. No caso da Blefaroplastia, os riscos são pequenos. O procedimento é considerado simples e não interfere drasticamente na vida do paciente. Mesmo assim, é preciso que o cirurgião seja totalmente transparente com seus pacientes.

Algumas informações como complexidade de cada cirurgia, tipo de anestesia que o paciente vai ser submetido, internação, repouso, restrições no cotidiano durante o período de recuperação e cuidados gerais são básicas e precisam ser ditas ao paciente.

É importante também ouvir outros pacientes que já tenham passado pela mesma cirurgia. Quanto mais informações sobre o profissional o paciente tiver, melhor. Conversar com outras pessoas que já realizaram a Blefaroplastia (Plástica de Pálpebras), ajuda a esclarecer dúvidas e perder o medo, além de conseguir obter informações que vão ser fundamentais na tomada de decisão. O paciente que já tenha passado por esse procedimento poderá compartilhar a sua experiência e indicar o médico com quem já tenha realizado esse procedimento. Vale a pena também reservar um tempo para checar notícias sobre o cirurgião pela internet ou através de redes sociais para saber o que as pessoas estão falando sobre ele.

Cirurgião membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)

É importante ressaltar que a lipoaspiração deve ser realizada por um cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Os pacientes devem pesquisar e apenas realizar cirurgias com médicos aptos para esse tipo de procedimento. É aconselhável ouvir a opinião de outros pacientes que já realizaram esse procedimento e buscar médicos com boa reputação.

Cabe ao paciente se informar e realizar o procedimento com um profissional qualificado. Isso vai interferir no sucesso do procedimento e na melhor cicatrização.

Como é realizada a cirurgia de Blefaroplastia (Plástica da Pálpebras)

  • Consultas com o cirurgião responsável pelo procedimento;
  • Solicitação de uma série de exames para avaliar as condições de saúde do paciente;
  • Avaliar qual a melhor técnica e anestesia a ser aplicada de acordo com cada paciente;
  • Internação do paciente;
  • Anestesia;
  • Início da cirurgia de Blefaroplastia (Plástica da Pálpebras);
  • O profissional irá realizar as incisões nos locais marcados;
  • Retirada do excesso de gordura da pele.

Pós-operatório da Blefaroplastia (Plástica de Pálpebras)

Após a cirurgia, o paciente vai precisar iniciar os cuidados pós-operatórios. Eles são essenciais para garantir os resultados esperados antes da realização do procedimento, como, por exemplo, a cicatrização.

A primeira orientação a ser seguida pelo paciente é evitar a exposição ao sol. Caso isso aconteça, use óculos escuros. Assim, ele vai conseguir uma melhor cicatrização e evitar manchas.

Deve-se evitar contato na região operada, portanto, não é recomendado coçar os olhos. O paciente vai precisar fazer compressas com soro gelado várias vezes ao dia pelo menos nos dois primeiros dias. Na hora de dormir, use travesseiros mais altos para evitar um inchaço maior. A melhor posição é dormir de cabeça para cima, para evitar forçar a região dos olhos.

É importante que a região seja higienizada diariamente com o uso de água e sabão neutro. O paciente também deverá manter um acompanhamento médico e seguir todas as orientações no que diz respeito à medicação. O paciente deve tomar todas medicações prescritas pelo médico. O médico poderá indicar como está sendo a recuperação e avaliar o andamento dos resultados.

A recuperação vai depender muito da cooperação do paciente. Tomando os devidos cuidados a recuperação pode ser relativamente rápida. É possível retomar as atividades normais após 3 dias. O inchaço e as manchas roxas são piores nos primeiros dias, mas variam de acordo com cada paciente. Alguns apresentam melhora mais rápido do que outros.

Considerações finais

Ao seguir todas as orientações médicas no pós-operatório, o paciente já vai percebendo aos poucos os resultados da cirurgia. No geral, o resultado final da Blefaroplastia (Plástica de Pálpebras) pode ser visto após o primeiro mês. É sempre importante destacar que o tempo varia de paciente para paciente devido à regressão do inchaço e cicatrização do paciente.

No que tange às cicatrizes, elas tendem a ficar mais finas e irem se disfarçando na pele ao longo do tempo. Como todo processo cirúrgico, deve-se esperar o período de 3 meses para o amadurecimento da cicatriz. É necessário que o procedimento seja realizado por cirurgiões que já tenham experiência nesse tipo de procedimento, além de ser habilitados a realizar esse tipo de cirurgia. 

Eu e você juntos na jornada pela realização do seu sonho

whatsapp Agende sua Avaliação
whatsApp Posso Ajudar?